FAQ - PERGUNTAS FREQUENTES (REBRANDING)


Depois de duas edições maio e junho do ano passado, o Rebranding Pessoal na Prática ganha uma única nova turma em 2018. Trata-se do programa mais extenso – e, de certa forma, personalizado – da Amo Branding. Em um grupo de até 12 pessoas, é feito um mix equilibrado de teoria, cases e muitos exercícios de aplicação do conteúdo ao longo de quatro manhãs (aulas semanais, às quintas-feiras). Se você já ama branding, com certeza vai amar ter esse repertório a favor do seu reposicionamento: vou te ajudar pessoalmente a identificar sua marca pessoal, traçar um plano de metas e objetivos e planejar a comunicação estratégica ideal. O objetivo final do programa é fazer você encontrar a melhor versão de si mesma – sim, este formato é exclusivo para mulheres. Reuni aqui as perguntas mais frequentes recebidas sobre este formato. A ideia é facilitar e atender todas as dúvidas que vêm surgindo, mas caso ainda tenha alguma questão fique à vontade para me enviar um e-mail, estou à disposição!

1) Tenho dúvida se o programa é indicado para o meu perfil.

O programa é totalmente focado em branding pessoal, ou seja, a parte mais democrática do posicionamento de imagem – todos temos uma marca, sejamos empreendedoras, funcionárias ou mesmo pessoas físicas sem uma carreira profissional. Se você sente que sua imagem de marca pessoal pode ser melhorada e/ou trazer mais resultados (clientes, leitores, oportunidades de emprego ou trabalhos freelancer...), pode vir! Ah, existe apenas um pré- requisito na verdade: esta edição é apenas para mulheres. #GirlPower!

2) Na programação, está escrito que o conteúdo é voltado apenas para marcas pessoais, não atendendo a marcas de empresas. Meu negócio não tem o meu nome, posso participar mesmo assim?

Esta observação foi incluída para especificar que todo o material trabalha o branding de pessoas físicas. Marcas de pequenos empreendedores (especialmente aquelas que estão na fase “EUpresa”!), ainda que não levem seu próprio nome, são muito ligadas a imagem do dono. Neste caso, o Rebranding Pessoal é super útil. Se, no entanto, você precisa posicionar uma imagem de marca de empresa que não tem qualquer ligação com a sua própria imagem, este programa não é o mais indicado – prefira os Encontros Amo Branding.

3) Que profissões podem tirar proveito de um melhor posicionamento de marca pessoal?

Branding pessoal é o que faz uma nutricionista já ter agenda cheia até o fim de 2018, uma blogueira lançar produtos com licenciamento de sua marca ou um coach ser a opção número 1 de tantos clientes mesmo em um mercado super-concorrido. Claro que há sorte, contatos e mais outros fatores abstratos, mas pode ter certeza que existe muito de estratégia aí – no nicho, na organização, no atendimento, na comunicação digital... Quanto mais a gente aprende sobre branding e mais entra em contato com a essência da nossa marca, mais a gente se diferencia da concorrência, se tornando único. São infinitas as carreiras que podem tirar proveito destas estratégias: médicas, arquitetas & decoradoras, coaches, consultoras de estilo, educadoras físicas, estilistas, jornalistas, joalheiras, advogadas, floristas, blogueiras, confeiteiras, fotógrafas, designers...

4) Queria muito participar, mas não tenho disponibilidade nesta data de fevereiro/ março. Haverá novas turmas/turmas em outras cidades?

Em 2018, haverá apenas esta edição do Rebranding Pessoal na Prática na programação do primeiro semestre. No segundo semestre, ainda não sei quais produtos serão oferecidos na agenda Amo Branding, então não conseguiria prometer com certeza! Infelizmente, este modelo só será apresentado em São Paulo.

5) Sou profissional de branding e presto consulltoria para outras marcas. Você havia divulgado que teria um programa para formação de consultores parceiros, é o caso do Rebranding Pessoal na Prática?

Ainda não! Existe este projeto, mas apenas para o segundo semestre/início de 2019. Este programa é para não-profissionais de branding e o conteúdo é integralmente voltado para aplicação pessoal. Te peço que espere só mais um pouquinho, em breve pretendo ter notícias sobre o formato para a nossa área!

6) Quais as formas de pagamento disponíveis?

O investimento de R$ 1.430 poderá ser parcelado em até 6 vezes sem juros no cartão de crédito via Eventbrite, plataforma na qual acontecem as inscrições Amo Branding. Exclusivamente durante está pré-venda até domingo (21.01), é possível solicitar neste mesmo e-mail (contato@amobranding.com.br) a inscrição à vista via depósito bancário com 10% de desconto (R$ 1.280).

7) Por que as turmas são limitadas a poucos participantes?

O intuito é que haja total networking – parte importantíssima do branding! – entre os participantes de cada edição (a turma que se formou na edição de 2017 foi muito, muito especial em termos de troca pessoal e conexões profissionais). E os grupos reduzidos facilitam e incentivam esta troca entre todos, não apenas entre pequenos grupinhos formados internamente. O limite máximo de 12 participantes é parte importante do método desenvolvido, que prevê participação em sala de aula e minha atenção “um a um” nos intervalos, entrada & saída de aula e períodos de exercício.

8) Já participei de workshops e/ou Encontros Amo Branding, posso aprender mais neste programa?

Sim! Conteúdo e formato são 100% exclusivos e a proposta do programa é completamente diferente da de um workshop, que normalmente é mais teórico do que prático e mais superficial do que aprofundado no tema. O Rebranding Pessoal na Prática, então, é especialmente prático: há muitos exercícios exclusivamente desenvolvidos e, como parte do conteúdo, compartilho todas as técnicas, referências e estratégias que eu, Ale, pessoalmente usei e uso em minha marca pessoal!

9) Qual a relação de temas abordados na programação de cada uma das quatro aulas?

1ª etapa: A Marca Pessoa Física
Percepção de marca, talentos, análises de casos de sucesso, ecossistema da marca pessoal.
Exercícios: Planilha Ecossistema da Marca Forte & Checklist Inicial

2ª etapa: A Base do Seu Nicho
Mindset, valores pró-escolha de nicho, referências & inspirações, a importância da visualização.
Exercícios: Planilha Análise de Referências & Fontes de Inspiração

3ª etapa: Cobranding & Marca Digital
Networking, estilo pessoal a favor do branding, a plataforma digital ideal, identidade online.
Exercícios: Planilha Programação Editorial em Mídias Sociais & Checklist Ações de Networking

4ª etapa: Planejamento de Marca
Leis do branding pessoal, pitch marca pessoal, planejamento completo de metas e posicionamento.
Exercícios: Planilha Cronograma de Planejamento, Raio X Completo Marca Pessoal, Checklist Serviços Indispensáveis e Mapa Brand-Check Completo

Testes e questionários de apoio durante o programa: “Percepção Externa da Marca Pessoal”, “Sua Marca, Sua Impressão Digital”, “Tabela de Análise de Caso de Branding Pessoal”, “Nicho Quiz”, “Estilo Pessoal como Parte do Branding”, “Mídias Sociais: Qual sua Plataforma Ideal?”, “Tabela de Ações Pró-Metas”.

10) Para quem é – e para quem não é – o programa Rebranding Pessoal na Prática?

PARA QUEM É: pequenos empreendedores, profissionais liberais, freelancers, blogueiros e funcionários com carreira corporativa que desejam se diferenciar e se destacar em seus mercados.
PARA QUEM NÃO É: profissionais de branding, donos de empresas com marcas completamente dissociadas da imagem pessoal do responsável que desejam trabalhar especificamente o posicionamento do negócio, homens (esta turma é exclusivamente para mulheres)!